Início Delegacia Geral Departamento de Polícia Especializada


Departamento de Polícia Especializada - DPE

E-mail Imprimir PDF

DelFranciscoConforme o Artigo 27 da Lei 0883, de 23 de março de 2005, Lei Orgânica da Polícia Civil do Amapá, o Departamento de Polícia Especializada (DPE) é um dos órgãos de funções tático-operacionais subordinado a Delegacia-Geral.

Na gestão atual o DPC é dirigido pelo Delegado de Polícia Civil Francisco Roberto Ferreira Martins, ao DPE compete:

I – coordenar, supervisionar e monitorar as ações especializadas de investigação criminal praticadas pela Polícia Civil em todo o Estado, dentro das competências específicas determinadas pela direção superior;
II – aprimorar dinamicamente o padrão técnico das ações especializadas, fomentando procedimentos iguais nas centrais integradas e demais unidades policiais;

III – manter, com competência plena no Estado do Amapá as unidades policiais de ação especializada, destinadas a executar extraordinariamente, de ofício, a requerimento de qualquer do povo ou requisição de autoridade competente, a investigação criminal especializada, ou, ordinariamente, monitorar e dar suporte às unidades desconcentradas de ação territorial, delegacias de polícia, naquilo que se refere à respectiva especialização.
§ 1º. Consideram-se ações especializadas, as referentes ao tipo criminal ou relativas ao tipo de operações táticas, em que se dá o emprego direto da força legítima e proporcional ao ato de violência que se enfrenta.
§ 2º. Decreto do Chefe do Poder Executivo criará as delegacias de ação especializada, segundo competências determinadas, adotando nomenclatura que obedeça a tipologia criminal ou a tipologia das ações especiais a que se refere o parágrafo anterior.

e-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

O DPE DO AMAPÁ POSSUI ATIVADAS ATUALMENTE EM SUA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL OITO (09) UNIDADES ESPECIALIZADAS

 

Notícias em destaques

O Departamento de Policia do Interior, por intermédio da Delegacia de Porto Grande, sob o comando do Delegado Julio Cesar, deu cumprimento no final da tarde de ontem a Mandado de Busca e Apreensão Domiciliar. Por ocasião das diligencias, foram presas duas pessoas por estarem na posse de 50 (cinqüenta) porções de maconha, 04 (quatro) porções grandes de crack, 02 (duas) balanças de precisão que eram usadas na pesagem da droga, além de 01 (uma) arma de fogo, tipo garrucha e 04 (quatro) munições.

Leia mais...

Enquete

Qual o curso que você, policial, entende ser nescessário para aprimoramento profissional?