quinta, 10 de janeiro de 2019 - 10:25h - 1467
POLÍCIA CIVIL PRENDE GUARDAS CIVIS ACUSADOS DE MATAR UM HOMEM EM LARANJAL DO JARI
Por: Assessoria de Comunicação
Foto: Polícia Civil do Amapá
Delegado de Polícia Civil Felipe Rodrigues, responsável pelo auto de prisão em flagrante.

Na madrugada desta quarta-feira, 9, três guardas civis foram presos em flagrante delito, acusados pela morte de Adriano Muniz de Albuquerque.

No início da noite desta terça-feira, 08, foi comunicado na Delegacia de Polícia de Laranjal do Jari que a vítima veio a óbito no hospital municipal após sofrer várias lesões. Segundo informações dos parentes, as diversas lesões foram ocasionadas por uma guarnição da Guarda Civil Municipal, após uma abordagem.

O Delegado de Polícia Felipe Rodrigues da Silva, juntamente com sua equipe, saíram em diligências para localização dos suspeitos. Inicialmente, os policiais foram até o comando da Guarda Civil Municipal, uma vez que os acusados tratavam-se de funcionários daquela instituição. Com total apoio do comando, os suspeitos foram localizados e foram apresentados na Delegacia para os procedimentos cabíveis.

O Delegado de Polícia informou que o auto de prisão em flagrante foi lavrado, por existir indícios de autoria contra os suspeitos conforme depoimento de testemunhas. “ A análise da materialidade do crime em questão, em um primeiro momento, leva a crer que os suspeitos não tiveram a intenção de causar o resultado morte, porém os fatos ainda serão investigados para se chegar a verdade real”.

Os três suspeitos foram encaminhados para audiência de custódia, momento em que o Juiz de Direito converteu a prisão em flagrante em prisão preventiva de dois deles. O outro acusado responderá o processo criminal em liberdade.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

POLÍCIA CIVIL - Polícia Civil do Estado do Amapá
Av. Fab, nº 84 - Centro - Cep: 68900-000, Macapá - AP - (96) 2101-2800 - contato@policiacivil.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá