terça, 27 de julho de 2021 - 14:45h - 1214
EM SANTANA, POLÍCIA CIVIL INDICIA DOIS PROFESSORES POR ASSÉDIO SEXUAL COMETIDO CONTRA TRÊS ALUNAS ADOLESCENTES
Por: Assessoria de Comunicação PC-AP
Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia de Infância e Juventude de Santana, indiciou dois professores pelo crime de assédio sexual cometido contra três alunas.
De acordo com o Delegado Ruben Neves Júnior, um dos professores (47 anos) foi denunciado por duas adolescentes (13 e 14 anos), após convidá-las para encontros amorosos fora do ambiente escolar alegando que elas não precisavam fazer provas para poder passar de ano, pois bastaria que praticassem algum ato sexual com ele. Com a negativa das adolescentes, o professor ameaçou prejudicá-las na realização de provas, inclusive, com reprovação escolar. As alunas procuraram a coordenação da escola para relatar o ocorrido. A notícia da prática do crime foi encaminhada à Vara da Infância e Juventude, a qual requisitou a instauração de investigação policial.
Em interrogatório, o professor se reservou ao direito de permanecer calado.
O outro professor (34 anos), foi indiciado por assédio sexual praticado contra uma adolescente (17 anos), que havia ficado de recuperação na disciplina ministrada por ele. O professor se comunicou com a vítima pelo aplicativo “WhatsApp” e sugeriu um encontro alegando que iria buscá-la, mas que a família dela não deveria ter conhecimento. Durante a conversa, a todo momento, o professor questiona se pode confiar na vítima e apaga o conteúdo das mensagens que envia, bem como pede para que ela apague as mensagens enviadas. Ao perceber que a vítima não iria encontrá-lo, o professor passou a dizer que iria colocar no sistema as notas da prova da adolescente, o que a reprovaria. No dia seguinte, ele manda uma mensagem para ela dizendo que compareça na sede da escola para fazer uma prova de recuperação.
Em interrogatório, o professor confirmou ter mantido conversas pelo aplicativo com a vítima e que queria encontrá-la para entregar as avaliações. Disse ainda que a vítima registrou uma ocorrência policial por pensar que ficaria reprovada.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

POLÍCIA CIVIL - Polícia Civil do Estado do Amapá
Av. Fab, nº 84 - Centro - Cep: 68900-000, Macapá - AP - (96) 2101-2800 - contato@policiacivil.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2022 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá