segunda, 06 de dezembro de 2021 - 20:40h - 2890
Governo do Amapá e prefeituras repactuam o programa Criança Alfabetizada
Estratégia do Estado completa dois anos de existência com objetivo de reforçar o aprendizado e o processo alfabetização das crianças na idade certa.
Por: João Marcos Chaves
Foto: Vandy Ribeiro/Ascom Seed
Repactuação reafirma as parcerias para seguir executando as estratégias do programa.

O Governo do Amapá realizou nesta segunda-feira, 6, a cerimônia de repactuação do programa Criança Alfabetizada com as 16 prefeituras municipais. A estratégia completa 2 anos de avanços na qualidade de ensino no estado.

Em discurso, o governador Waldez Góes destacou que o programa foi implementado com o objetivo de reforçar a aprendizagem e o processo de alfabetização na idade certa, colaborando para melhores índices educacionais.

“Nós estamos aqui com nossa política sólida comemorando dois anos de trabalho e cada vez estamos nos aproximando de resultados exitosos. O programa já está de maneira fixa beneficiando todas as comunidades escolares”, disse Waldez.

Uma programação celebrou o aniversário e repactuação do Criança Alfabetizada e reuniu professores, alunos, gestores, parceiros e autoridades dos municípios, entre prefeitos e secretários, que relataram as principais mudanças positivas e os fatores de sucessos já alcançados.

VEJA TAMBÉM: Programa Criança Alfabetizada celebra 2 anos de avanço na qualidade da educação

Na ocasião, a secretaria de Estado da Educação, Goreth Souza, apresentar os processos de incentivo da educação através das avaliações feitas com os estudantes e os impactos da alfabetização na vida dos estudantes.

“É importante a visão do futuro, onde nós queremos chegar com essas estratégias traçadas, reconhecendo os desafios que temos. Estamos assumindo mais um compromisso de recomeçar e focar nos resultados desse programa”, ressaltou.

O Criança Alfabetizada conta com o apoio associação Bem Comum, Fundação Lemann, Instituto Natura, Associação Nova Escola e União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime/AP).

“O Amapá é exemplo no Brasil quando se trata de política educacional. Nesse momento nós vamos além, estamos repactuando todas as nossas estratégias que é de muita importância”, disse diretor-executivo da Bem Comum, Veveu Arruda.

O programa concilia um conjunto de ações para melhorar os indicies educacionais da rede pública amapaense, com:

  • Materiais didáticos estruturais elaborados por professores autores do próprio estado;
  • Formações continuadas para professores e gestores escolares;
  • Bolsa de incentivo para professores formadores;
  • Premiação para escola com melhor desempenho na alfabetização dos estudantes
  • Lei complementar do ICMS, que garante aos municípios o auxílio de R$10 milhões nos próximos quatro anos para que eles priorizem o desenvolvimento da educação básica

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Vandy Ribeiro/Seed

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá