segunda, 16 de maio de 2022 - 22:34h - 1786
Nova Economia: bolsistas do Amapá Jovem iniciam curso profissionalizante para setores de energia e saneamento
O E + Profissional é uma parceria do Governo do Estado com a CEA Equatorial. Os beneficiários têm chances de contratação ao fim dos cursos.
Por: Anne Santos .Colaboradores: Nathacha Dantas
Foto: Erich Macias
Estratégia busca qualificar e gerar condições de empregabilidade para jovens em vulnerabilidade social.

Mais de 200 beneficiários do Amapá Jovem iniciaram, nesta segunda-feira, 16, os cursos profissionalizantes de energia e saneamento do E+ Profissional - projeto realizado em parceria com a CEA Equatorial. As qualificações têm a duração de três meses, ao final, os bolsistas poderão ser contratados pela empresa que presta serviço para a companhia.

A estratégia alcança 210 jovens de Macapá e Santana e foi traçada de acordo com o plano da Nova Economia do Amapá, com o objetivo de qualificar e gerar condições de empregabilidade para as pessoas em vulnerabilidade social. O Governo do Estado assegura o vale-transporte para que os participantes se desloquem até os locais das aulas.

Na aula inaugural de Santana, o governador, Waldez Góes, ressaltou que o projeto foi desenvolvido de acordo com as diretrizes do Amapá Jovem e é fundamental para gerar oportunidades. 

"É um projeto com foco na qualificação da juventude para trabalhar com carteira assinada nos serviços de distribuição de energia e no setor de saneamento. E essa conquista só é possível graças à parceria com o Grupo Equatorial Energia", disse Góes

Entusiasmada, a bolsista Mirla Rosário, de Itaubal, conta que o curso profissionalizante trouxe a ela novas perspectivas.

"Quando engravidei na adolescência, pensei que meu futuro como profissional estava arruinado. Mas essa oportunidade foi um divisor de águas para mim", disse a jovem.

Em seu discurso, Waldez fez referência à parceria com empresas que trabalham com energia renovável, que também estão qualificando beneficiários do Amapá Jovem para atuar no setor.

Parcerias para a Juventude

O E+ Profissional prevê, inicialmente, a seleção de 600 jovens dos municípios de Macapá e Santana com base nos dados fornecidos pelo programa.

Para a secretária de Juventude, Sâmylla Rocha, oportunidades como essa devem ser celebradas.

"Comecei como bolsista do Programa Amapá Jovem em 2009. Agarrei a chance e isso foi muito importante para minha carreira", destacou a gestora.

A superintendente da CEA Equatorial, Cristiany Pessoa,compartilhou que sua trajetória também foi marcada por oportunidades no momento certo.

"Comecei no Grupo Equatorial há 20 anos como estagiária e nem imaginava onde eu iria chegar. Hoje me emociono ao ver tantos jovens cheios de sonhos. Com dedicação, eles também vão compartilhar com as futuras gerações suas trajetórias de sucesso", enfatizou Cristiany.

O presidente da Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA) José Ailton Rodrigues, deixou uma palavra de encorajamento aos jovens frisando que é necessário agarrar as oportunidades com empenho.

"Vocês são agentes de mudança e o trabalho vai trazer mais qualidade de vida para vocês e suas famílias", disse.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá