quarta, 20 de outubro de 2021 - 19:00h - 2528
Dignidade menstrual: Bolsistas do Amapá Jovem mobilizam campanha para arrecadar absorventes higiênicos
Doações serão destinadas para populações rurais, ribeirinha, quilombola e indígena.
Por: Jamylle Nogueira
Foto: Maksuel Martins/Secom
Meta é arrecadar 10 mil absorventes que serão doados para pessoas em vulnerabilidade social.

Com o intuito de conscientizar a população a respeito do combate à pobreza menstrual, a Secretaria Extraordinária de Políticas para a Juventude (Sejuv) iniciou nesta terça-feira, 20, uma campanha para arrecadações de absorventes higiênicos. A ação está sendo mobilizada por bolsistas do programa Amapá Jovem em mais de 50 estabelecimentos comerciais, em Macapá, e segue até sexta-feira, 22.

A meta é arrecadar 10 mil absorventes que serão doados para pessoas de áreas rurais, ribeirinhas, quilombolas e indígenas, que além das condições financeiras, também tem dificuldade de acesso à informação.

VEJA TAMBEM: Governo do Amapá propõe isenção de ICMS do absorvente higiênico

Para o secretário da Sejuv, Pedro Filé, essa ação reforça o comprometimento dos bolsistas com uma política pública que se preocupa com a saúde intima das pessoas que menstruam, pois muitas não têm acesso aos absorventes.

“Hoje comprovamos o quanto nosso jovem está engajado com essa campanha, ao ver a propriedade com que eles têm conscientizado a população durante esta ação, pois cerca de 80% das pessoas que estão passando pelos pontos comerciais estão fazendo suas doações. Então temos a expectativa de triplicar nossa meta”, frisou.

Ao ser abordada durante a campanha, a autônoma Ediane Nery contou que não conhecia sobre a realidade da pobreza menstrual que afeta milhares de pessoas no Brasil. Ela fez a doação do material e destacou que pretende levar a conscientização para outras pessoas de diversos ciclos sociais nos quais está inserida.

“Como mulher eu sei o quanto os absorventes são importantes para nossa saúde. De fato, o combate à pobreza menstrual é uma política pública que precisa ser propagada em nosso estado, pois muitas pessoas precisam desse olhar mais humanizado. Espero contribuir cada vez mais com esse ato de solidariedade e amor”, disse.

A campanha dignidade menstrual vem sendo abordada no programa Amapá Jovem desde o lançamento em julho, após requerimento da deputada Marília Góes. Os pedidos de doação percorreram todos os polos do programa, onde atividades e ações foram elaboradas pelos monitores e coordenadores que arrecadaram 9 mil pacotes de absorventes.

Projetos de lei

O governador do Amapá, Waldez Góes, assinou dois projetos de lei para combater a pobreza menstrual no estado. Um deles propõe a isenção do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do absorvente higiênico. Outro quer instituir a Política Estadual de Promoção à Dignidade Menstrual.

Os projetos de lei são resultados de proposituras da deputada estadual Marília Góes e foram enviados, em caráter de urgência, para a Assembleia Legislativa do Amapá (Alap).

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Maksuel Martins/Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá